Laço Comprido volta com mais força e premiação inédita no MS

Presidente da ABQM fez entrega de dois veículos 0 km, nas finais do 15° Potro do Futuro e Campeonato Nacional, em Campo Grande

Celeiro de uma das mais importantes modalidades praticadas pelo cavalo Quarto de Milha, o Estado do Mato Grosso do Sul, sediou de 03 a 06 de novembro, o 15º Potro do Futuro & Campeonato Nacional de Laço Comprido. As provas oficiais da raça, realizadas no Parque do Peão/CLC, em Campo Grande (MS), receberam 477 conjuntos, em duas modalidades e 15 categorias. Foi distribuída uma premiação inédita de R$ 211 mil em dinheiro e dois carros 0 km.

CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK

SIGA NOSSA PÁGINA NO INSTAGRAM

Fomentadas pela Associação Brasileira de Criadores de Cavalo Quarto de Milha (ABQM), as competições apresentaram um crescimento de 5% no número de inscrições, em comparação com o evento do ano passado. Com 31 mil animais registrados no Stud Book, o MS possui o quarto maior plantel nacional da raça. Segundo levantamento do Núcleo Sul-Mato-Grossense do Cavalo Quarto de Milha (MSQM), cerca de 80% do plantel de cavalos do Estado é Quarto de Milha.

Os dois veículos foram entregues aos campeões do Potro do Futuro, da Aberta Livre e Amador 19 anos ou mais. Na Aberta Livre, Adilson Vitorino dos Santos, sagrou-se na sela de Spark N Gun (Playgun x Melodys San Bell EFF), de criação e propriedade de Rodrigo Gassen Tonini. Quem levou pela Amador 19 anos ou mais foi Lucas Barbosa Franco, que conduziu Martha Liz Moonstone (Wimpys Moonstone x Lizsa Doc Feline), de criação de João Antônio Vicentin.

No dia 06/11, o presidente da ABQM, Caco Auricchio, prestigiou as finais e fez a entrega dos prêmios. “Cumprimento e parabenizo os campeões, o MSQM e seu presidente Igor Viana, pela organização das provas. Não posso deixar de lembrar do nosso amigo e irmão Zeca Barbero, conselheiro consultivo do Stud Book, que tem sido um braço forte da ABQM, nessa relação com o Laço Comprido”, destacou o presidente da Associação do Quarto de milha.

“Gostaria de dizer que o momento é de comemorar mesmo! Estamos atravessando esse momento difícil de cabeça erguida, de mãos dadas e o cavalo mostrando a sua força, cada dia maior. Vamos continuar nesse rumo, colocando dinheiro nas pistas, premiando os nossos atletas, que o resto toda a cadeia produtiva do cavalo vai fazer. Parabéns a todos pelo trabalho maravilhoso que vêm fazendo com o Laço Comprido”, completou Caco Auricchio.

Importância do fomento para o esporte no MS

De acordo com o presidente do MSQM, Igor Viana, as provas vêm se superando ano após ano. “No Laço Comprido Técnico, além do alto nível dos animais apresentados, houve um aumento no número de inscritos nas categorias. O incremento na premiação deste ano favoreceu esse crescimento, além de atrair mais competidores e investidores para a raça. Com o sucesso das provas de 2020, a expectativa para 2021 é ainda melhor”, destaca o presidente do MSQM.

A transmissão das provas está disponível no canal da ABQM: www.youtube.com/abqmoficial.